Como incorporar um bar em casa de forma elegante e funcional?

Request quote

Invalid number. Please check the country code, prefix and phone number
By clicking 'Send' I confirm I have read the Privacy Policy & agree that my foregoing information will be processed to answer my request.
Note: You can revoke your consent by emailing privacy@homify.com with effect for the future.

Como incorporar um bar em casa de forma elegante e funcional?

Mariana Garcia—Homify Mariana Garcia—Homify
Beau Rivage Palace Hotel, Switzerland:  Gastronomy by Elektra Lighting Design
Loading admin actions …

Há poucos espaços numa casa mais sociais do que o bar. A reunião de amigos ou família ao balcão faz-nos ter um ambiente de festa igual ao de qualquer estabelecimento comercial do género, mas com maior controlo e intimidade. Recheamos as prateleiras de bebidas e servimo-las (ou adoptamos um sistema de self-service) e passamos horas a brindar, a rir e a criar memórias. Se a sua ideia é ter um bar em sua casa, saiba desde já o que deverá ter em conta!

O tipo de bar

Dependendo do espaço que tem disponível e do orçamento que definiu para este projecto, pode recriar o seu bar preferido a uma escala mais pequena com tudo a que tem direito: balcão, bancos altos, prateleira de fundo cheias de bebidas e iluminação e decoração a combinar. No caso de o seu orçamento ser mais limitado, perceba o que vai ser realmente importante: um pequeno balcão para servir as bebidas? Será que vai dar muito uso aos bancos altos? E se em vez de 5 ou 6 candeeiros especiais para criar ambiente, porque é que não opta por um quadro luminoso alusivo ao tema? Por vezes, menos é mais e não é por gastar menos dinheiro que vai ter um bar menos bonito ou menos agradável!

A bandeja

Em qualquer bar existe uma bandeja que nos traz as bebidas e que leva a loiça suja dos clientes anteriores. É um elemento intrínseco a este espaço, portanto se quer dar um toque profissional ao seu, não se pode esquecer dela! No entanto, como provavelmente não vai ter sempre casa cheia, talvez possa utilizar a bandeja mais como decoração ou para criar uma pequena zona de apoio (com copos e algumas das suas bebidas preferidas ou das que têm mais saída).

O tipo de copos

Para saber que tipo de copos deverá ter no seu bar, é preciso perceber que tipo de bebidas vai ter disponíveis. É do conhecimento geral que um bom gin se serve em copos grandes de pé alto, o vinho tinto em copos parecidos mas com abertura mais pequena, o whisky em copos baixos e largos, enquanto certos licores se servem em copo balão. Por isso, o primeiro passo é saber que bebidas vai ter para depois definir o tipo de copos. 

As bebidas

O momento de escolher as bebidas que terá disponíveis para si e para os seus convidados pode perfeitamente definir o tipo de bar que tem em casa. A cerveja é, por norma, uma bebida que não falha em nenhum bar: de pressão ou engarrafada, a ideia é ter uma geladinha sempre pronta! Mas pode querer tornar o seu bar mais específico ou mais sóbrio e optar por ter uma grande variedade de vinhos ou gins. A ideia aqui é perceber quais são as bebidas que irão ser consumidas, para evitar ter uma caixa de aguardente velha em que nunca ninguém vai tocar—no entanto, é bom ter duas ou três garrafas especiais para ocasiões que lhe façam jus!

Os acessórios

Para a preparação de algumas bebidas ou para as servir, poderá recorrer a determinados acessórios que vão facilitar-lhe imenso a vida, além do que vão deixar o produto final com um sabor e um aspecto muito melhor para serem saboreados. No caso do vinho, por exemplo, precisará sempre de um saca-rolhas, mas encontrará facilmente no mercado kits próprios com este acessórios, um bocal anti-gota e até com um termómetro para ter a certeza de que o vinho está a ser servido à temperatura correcta; no caso de bebidas como o gin, em que a sua preparação requer um pouco mais de tempo e paciência, irá necessitar de acessórios como uma colher de bar, um medidor e um strainer (ou coador de água). 

O vinho e a cerveja

 Hotels by Concrete LCDA
Concrete LCDA

Concrete counter for a private

Concrete LCDA

Como falámos anteriormente, a cerveja é a bebida mais frequente nos bares, seja pelo seu preço, seja pela leveza como se bebe. Um bar sem cerveja é quase como uma praia sem mar, por isso se quer ter aquele toque que diferencia o seu do dos seus amigos, vai com certeza apostar numa máquina para tirar cerveja de pressão! Já existem alguns tipos no mercado, com barris mais pequenos ou maiores e de vários preços, por isso resta saber o que melhor se enquadra na utilização do seu bar. Quanto ao vinho, uma boa selecção de marcas fará sempre com que o seu bar tenha aquele toque de requinte. Não precisa de ter um armazém com caixas—procure ter 3 ou 4 bons vinhos na carta, podendo ou não ir variando o stock conforme os que vai encontrando ou os que vai experimentando de novo.

Que profissional pode ajudar?

American Dream:   by MPD London
MPD London

American Dream

MPD London

Em termos mais informais, se tem um amigo barman, pode começar logo por este contacto, pois com certeza irá ajudá-lo a organizar a zona de trabalho. Do ponto de vista mais formal, um profissional que lhe pode dar uma grande ajuda é um designer ou arquitecto de interiores, para que o espaço seja funcional e prático, indo ao encontro das suas necessidades. Por último, se quer ter uma decoração no ponto, procure um decorador de interiores que o ajudará a organizar as suas ideias e a criar um ambiente único!

Whitton Drive:  Terrace house by GK Architects Ltd

Need help with your home project?
Get in touch!

Discover home inspiration!